12 fevereiro 2008

Nova Enquete

Participe da nova enquete e dê sua opnião sobre esse assunto comentando aqui.

3 comentários:

jo disse...

uma vez eu vi um garotinho, logo após receber dinheiro da mulher, sair correndo gritando:
-Vamo cheirar cola, vamo cheirar cola!
Cara, depois disso nunca mais dei nada, mas eu me sentia mal passando reto ou mentindo dizendo que não tinha dinheiro!
Aí então decidi treinar essa parte. Um cara me parou pedindo dinheiro, daí eu virei pra ele e contei essa história aí de cima e falei que não ia dar dinheiro não. conversei um pouco com ele, ele insistiu no dinheiro. dai eu perguntei o que ele ia fazer e ele disse que ia comprar um café com leite.
Não dei dinheiro, mas comprei o café com leite que ele queria. não sei se ele gostou, mas eu me senti bem.
Tente se abaixar pra conversar com ele se possível, porque assim ele consegue te olhar no mesmo nível e isso faz ele se sentir menos oprimido. heheh Já testei isso.
E é muito gratificante e triste ao mesmo tempo alguém dizer assim:
-Obrigado. Pelo menos você me deu atenção.

Ivan disse...

É Jô, fazer o que você fez não é fácil. Eu não falo que não tenho $ porque é mentira. Quem não tem um real no bolso?.
Uma vez eu disse que não ia dar (ou seja: tenho, mas não vou dar). Parece grosseiro, mas é melhor que mentir e nesse caso citado, o cara tava bêbado.
Uma vez eu fiquei com muita dó e me sentindo mal quando um garoto me pediu um dinheiro e eu disse não. Depois me pediu um lanche e eu neguei também. Eu estava em um lugar "ruim", sem segurança e a Paula (minha namorada) estava comigo. Depois me senti muito mal. Na mesma semana ou um pouco mais, sei lá, uma pessoa me pediu dinheiro e eu quis ajudar pra não sentir o peso novamente. Não lembro quem era nem o que eu dei, mas sei que não gostei do que fiz.
Hoje eu tenho a seguinte conduta: não dou dinheiro em hípótese alguma. Se for criança então, pior ainda. Isso ajuda a tirá-las das escolas. Que mãe quer o filho na escola se no farol ele traz 300 reais todo mês?
Tento dar atenção, olhar nos olhos e sempre responder. Mostra que você respeita a pessoa. (a idéia de se agachar, do Jô, é muito boa)
Se tiver um lanche dê. Se tiver como comprar algo ali do lado também é bom.
É uma situação difícil e quem mora em São Paulo, principalmente, convive diariamente com isso.

eduardo disse...

Realmente são situaçoes complicadas, posso falar por que já passei por isso também !
Um dia um cara com uma aparência mais velha veio me pedir dinheiro para comer, no momento fiquei inseguro e disse que não tinha dinheiro pra ele, só que alguma coisa me tocou por dentro. Depois disso pedi para que ele ficasse sentado, fui ao restaurante e comprei uma marmita. Quando eu cheguei com a marmita ele assustou mas pegou a comida, em seguida ele agradeçeu meio bravo e decidiu ir embora, mas eu não deixei e falei : Enquanto o Sr. não comer a comida o Sr. não saira daqui. Tive que fazer essa "grosseria" mas no fim ele saiu satisfeito e me agradeçeu novamente mas com uma cara mais agradável !

abraço!