06 março 2008

Papo com os Missionários

Sábado teremos uma programação diferente.
Teremos conosco os missionários Silas e Eldna Lima e eles participarão de um papo descontraído e interessante. Contarão estórias de suas vidas e de experiências que viveram no trabalho missionário durante o período que estiveram entre os índios Waiãpi. Além disso, você é quem fará as perguntas. Alguns papéis foram entregues domingo para serem feitas as perguntas, mas você também poderá perguntar por aqui. Escreva sua pergunta até o sábado a tarde e assim passaremos para eles responderem.
Mas alguns podem não conhecê-los então aqui vai um breve resumo da vida deles. bem breve mesmo, porque mais detalhes só no dia :)
Vamos participar.



"Eles fizeram o curso missionário pela MNTB (Missão Novas Tribos do Brasil) e foram para o campo missinário em 1978. O trabalho que eles iniciaram foi entre o povo Waiãpi, localizado em Macapá-Ap, precisamente em Serra do Navio.
Ele moraram na aldeia muitos anos, aprendendo a língua nativa e a cultura daquele povo. Hoje o Pr. Silas fala fluentemente aquela língua e está traduzindo a Bíblia para aquele povo, com ajuda de outros missionários. Também ele é responsável para o ensino bíblico para aquele povo. A irmã Eldina sempre trabalhou como enfermeira e ensinado as mulheres.
Hoje, além dele ser o responsável pelo trabalho Waiãpi ele também trabalha como consultor linguístico da MNTB, isso é, ele ajuda, na parte linguística e cultural, outros trabalhos missionários indígenas. Além disso Pr.Silas abriu uma editora com o objetivo de divulgar as literaturas missionárias e conseguir recursos para o trabalho missionário indígena."

3 comentários:

jo disse...

Como foi chegar na tribo e ter que se adaptar ao estilo de vida, à comida, ao local de dormir etc?

Ivan disse...

Gostaria que vocês falassem um pouco sobre o tempo em que estavam "decidindo" ir ao campo missionário. Quais questões passaram pela mente, quantos anos tinham, como era o modo de vida de vocês.
Gostariam também que comentassem sobre alguma dúvida que tiveram e como enchergam essa duvida hoje. Ex: tinham casado a pouco tempo e estavam constituindo família ainda, não sabiam se era a decisão certa, se era aquilo que Deus queria. Sei lá, queria ouvir as dúvidas que passaram na cabeça naquela época e fazer um comentários sobre como voicês enxergam isso atualmente.

Anônimo disse...

Creio que seria muito interessante nossos irmãos explicarem um pouco sobre as difuldades de evangelizar os Waiãpi por causa da cultura e da língua. Quais as dificuldade de apresentar o evangelho. Talvez o Silas irá lembrar a carta que ele mandou para mim, alguns anos atrás, explicando essa dificuldade. Se quiser posso até levar essa carta, pois tenho até hoje!
Pr.CLésio